Equipe

A equipe é formada por Elisiana Trilha Castro (historiadora), Anna Julia Borges Serafim (museóloga) e pelo estagiário em História, Marcelino Valencio.

Elisiana Trilha Castro

Formada em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), possui mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e doutorado em História Cultural também pela UFSC. É uma das fundadoras e atual presidente da Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC).

É especialista em patrimônio cultural funerário, área que tem atuado há quinze anos, com várias publicações voltadas para a preservação dos cemitérios e seus acervos. Tem experiência na organização e pesquisa documental com destaque para seu trabalho na criação do Memorial Funerário Mathias Haas de Blumenau, primeiro museu sobre a morte e os cemitérios do Brasil. Foi consultora de instituições, como a ACIF (Associação Comercial e Industrial de Florianópolis), por ocasião de seu centenário, e para a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) na organização de seu acervo institucional. É autora dos livros: “Guia do patrimônio cultural funerário catarinense” da  Fundação Catarinense de Cultura (FCC); “Hier ruht in Gott: Inventário de Cemitérios de Imigrantes Alemães da Grande Florianópolis”, “Cemitérios no caminho: o patrimônio funerário ao longo do Caminho das Tropas nos Campos de Lages”, “In Frieden: inventário dos cemitérios de imigrantes alemães de São Martinho”, “Ruhe Sanft: inventário do cemitério de imigrantes alemães de São Martinho Alto”, “Amâncio Jaime Rodrigues: cem anos de muita história e paixão pela vida”.. 

 

Anna Julia Borges Serafim

Graduada em Museologia (UFSC), tem experiência em documentação museológica e conservação. Participou do projeto de organização do acervo institucional da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), fez estágio no instituto Meyer Filho, em Florianópolis e atualmente está no Projeto de inventariamento do cemitério luterano de Blumenau (SC). 

 

Marcelino Valencio

Atualmente é estagiário do Memorial Funerário Mathias Haas, graduando de História pela Universidade Regional de Blumenau (FURB) e bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID).

Apoiadores